domingo, 16 de novembro de 2014

Mesa redonda levanta práticas educomunicativas em Mato Grosso


Há muitos projetos e programas que trabalham na interface Comunicação/Educação espalhados pelo Brasil. Muitos foram disseminados pelo Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP) como o projeto "Educomradio.Centro-oeste" (2004-2008) e a experiências das salesianas nessa área. Esses são os projetos pioneiros que a mesa redonda "Práticas Educomunicativas em Mato Grosso" irá discutir no I Colóquio Mato-grossense de Educomunicação.


A Inspetoria Nossa Senhora da Paz, ligada à Equipe de Comunicação Social América (Ecosam), disseminou a Proposta de Educomunicação para a Família Salesiana - elaborada em 2000 com a assessoria do professor Ismar - e desenvolve inúmeros projetos e programas na área desde então.

A professora Luzia Abich da Seduc-MT irá contar sobre os projetos em Educomunicação da Secretaria de Educação - Rádio Escolar da Seduc e do Programa Mais Educação do Governo Federal. Assim, o Educomradio.centro-oeste, parceria do NCE-USP com o MEC/Governo Federal e as Secretarias de Estado de Educação do MS, MT e GO, tornou-se política pública,
Dessa forma, trabalhou-se o conceito e os procedimentos da educomunicação nos espaços educativos, em escolas do ensino médio, da região Centro-Oeste no Brasil.

O trabalho se caracterizou por meio da formação de um grupo de profissionais da educação para o uso da linguagem e da produção radiofônica no contexto escolar. Em 2008, tornou-se política pública através do programa Rádio Escola Independente da Secretaria de Educação de Mato Grosso - Seduc (Lei nº 8.889/08 de 10/06/2008). Atualmente, a Seduc concentra forças nessa área integrando o Programa Mais Educação - educação integral no contraturno escolar.

O professor da USP e presidente da ABPEducom, Ismar de Oliveira Soares, participará da mesa relatando essas experiências, uma vez que participou desses projetos pioneiros e continua articulando essas práticas respondendo pelo NCE-USP e pela ABPEducom.

Hoje, sabe-se da existência de diversos projetos educomunicativos espalhados pelo Estado, dentre os quais aqueles da Unemat e UFMT que são desenvolvidos mediante extensão universitária. É nesse sentido que a professora Marli Barboza da Unemat irá apresentar os projetos de extensão da instituição que vem trabalhando com a Educomunicação há algum tempo.

A mediação dessa mesa ficará a cago da Diretora de Comunicação da ABPEducom e professora da Unemat, Antonia Alves, que irá apresentar outros exemplos que estão sendo desenvolvidos no Estado.

Veja a programação completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário